Agência de Marketing e Publicidade

Agência de Marketing e Publicidade:
Sócios:
- Ana Ricciardi
- Rita Brilhante
- Pedro Dias


Somos uma agência de marketing e publicidade e o nosso objectivo é alcançar os melhores resultados, oferecendo soluções inovadoras aos nossos clientes.

A Web assume um papel crucial na nossa estratégia que tem por base o Wikinomics. Pretendemos mudar e trabalhar exclusivamente o online, explorando as plataformas abertas e a colaboração dos talentos do mundo inteiro. Viramo-nos para o mercado global e desejamos a partilha de ideias e conhecimento numa comunidade iniciada por nós. Para o fazer desenvolvemos o seguinte plano de acção a curto prazo:

I. Wiki Colaborativa

Queremos iniciar uma plataforma aberta e atrair talento de todo o mundo, sejam programadores, designers, marketeers, entre outros profissionais, free-lancers (ou não), para juntos criarmos uma enorme comunidade. Sob a haste da nossa agência fomentaremos uma comunidade a ser construída de raiz por todos os que quiserem utilizá-la e recompensaremos aqueles cujos trabalhos foram eleitos para as nossas campanhas.

Na sua fase inicial, pretendemos que todos os que estiverem interessados contribuam para o desenho, a navegação, a estrutura, a programação, as áreas temáticas, ir construindo o necessário para que surja e se alimente uma vasta comunidade de talentos.

Pretendemos proporcionar oportunidades a free-lancers, ou não, que queiram participar na comunidade, dando-lhes a possibilidade de ganhar dinheiro e reconhecimento mundial.

Sempre que lançarmos um novo briefing, os participantes podem envolver-se a solo ou unindo-se a outros membros, apresentando propostas conjuntas.

O objectivo da criação desta wiki colaborativa é eliminar a necessidade de contratar mais colaboradores para o desenvolvimento das estratégias criativas dos nossos clientes e ao mesmo tempo encontrar sempre as estratégias mais inovadoras, quer a nível de conceito, quer a nível tecnológico. Na componente da implementação de uma campanha, a própria comunidade oferece-nos a possibilidade de recrutarmos em outsourcing recursos qualificados em diversas áreas ( web design, programação, marketing estratégico, produção de conteúdos). A contratação em regime de outsourcing permite-nos ter uma estrutura muito flexível, ao mesmo tempo que nos liberta de avultados custos fixos com vencimentos, impostos e estrutura física.

II. Agência de Talentos

Poderemos vir a considerar num futuro próximo assumirmo-nos como uma central de talentos, com possibilidade de, além de recorrermos a esta força de trabalho para os nossos serviços 'core', cobrar uma comissão por cada trabalho conseguido a cada um dos nossos talentos para outras empresas e cobrar àqueles que nos procuram como fornecedores de talentos.

III. Marketing Mix

Produto/Serviços

1. Estratégias e Campanhas de MKT e Pub fortemente direccionados para o online:
- Consultoria web e mobile
- Implementação de campanhas globais online

2. Central de Talentos/Empregador 'Pay Per Winner Projects' e 'Pay Per Talent'

Preço

1. Acreditamos que ao utilizar o mundo como a nossa central de criação e geração de ideias, poderemos aceitar muitos mais clientes, sem aumentar os nossos custos fixos. Poderemos assim prestar aos nossos clientes preços muito mais baixos.
2. Como agência de recrutamento de talentos poderemos cobrar uma fee aos free-lancers seleccionados e aos que recorrem a nós para auxiliarmos na selecção dos talentos que necessitam.

Placement

A estrutura física da nossa empresa localiza-se em Lisboa. No entanto, a nossa oferta de serviços estende-se a todo o mercado nacional e internacional, já que isso não acarreta custos de estrutura para a nossa empresa, uma vez que estamos num negócio B2B e não é necessário ter uma estrutura física para contacto com o cliente. O contacto é feito pelos sócios e pela equipa comercial, quando necessário, e na maioria das vezes é privilegiado o contacto por telefone e vídeo conferência.
O nosso escritório virtual no Second Life será outro ponto privilegiado da distribuição dos nossos serviços.
Redes Sociais (Linkedin, Facebook, Twitter e Technoratti)
A nossa Wiki Colaborativa

Comunicação (Promoção)

Para lançar o projecto da wiki colaborativa, vamos incidir numa estratégia que privilegia as Relações Públicas na medida em que não dispomos de budget para investir em publicidade.

Vamos comunicar a nossa plataforma através dos seguintes canais:

- Imprensa Online e Offline, fazendo uso do carácter inovador da plataforma como potencial assunto de interesse para os média.
- Fóruns online de programadores, designers, e-marketeers, produtores de áudio e vídeo, ilustradores,…
- Blogosfera
- Comunidades e Redes Sociais, generalistas e especializadas
- Universidades
- Sites de Emprego
- Second Life

Através de:

- Email MKT
- Vídeo Youtube
- Press Release
- Social Media PR
- Palestras sobre a Wiki Colaborativa

Para a manutenção dos nossos clientes e angariação de novos clientes empresariais e/ou institucionais, prevemos:

- RP, Eventos e Imprensa
- Email MKT
- Second Life

O esforço de venda vai adquirir maior peso online mas continuará a existir a venda pessoal para manter o mercado nacional, até constatarmos que é viável o esforço exclusivo na web.

Pessoas

Na prestação dos nossos serviços intervêm os sócios (na gestão do negócio e áreas implicadas, como a tecnológica, comercial, financeira, recursos humanos, comunicação e relações públicas, bem como na angariação de novos clientes e novos talentos), os gestores de clientes/projectos e os talentos que participam na nossa wiki e nas nossas campanhas, e cujos portfolios e curriculos contribuem para a credibilidade da nossa empresa.

Processos

A wiki colaborativa, através da qual se desenvolverá a nossa central de talentos e ideias, o escritório físico e o virtual no Second Life para administração de contactos comerciais, gestão das campanhas e relações públicas, o trabalho dos gestores de clientes e o nosso CRM, constituem os nossos processos fundamentais.

Provas Físicas

A nossa sede em Lisboa, o nosso logótipo, o nosso porfolio de projectos realizados, a nossa wiki colaborativa e o nosso escritório virtual.

Second Life

- Abertura de escritório (pretendemos que este projecto seja desenvolvido pela nossa comunidade)
- Abertura da nossa wiki colaborativa virtual
- Acções de RP no SL: Conferência sobre MKT e COM digital, apresentação da nossa agência às empresas sediadas no SL, criação de sinergias com os nossos clientes e contactos com presença no SL, contactos e eventos em universidades presentes no SL,…
- Disponibilização de contactos e atendimento via chat, voip ou email em horário limitado ao horário da agência: um colaborador dedicará algum tempo diariamente ao SL e está disponível para os contactos provenientes desta plataforma prevemos que o tempo dedicado ao online e ao SL aumentará em detrimento do offline;
- Utilização do second life como plataforma de comunicação entre os colaboradores da empresa (fixos e freelancers) para discussão dos briefings e promoção de brainstorming.

O CRM

Objectivos:
1) Clientes: Recolher informação sobre o cliente que permita identificar oportunidades de comunicação para este, avaliar a satisfação relativamente a campanhas implementadas, identificar possíveis lacunas em campanhas, para podermos adequar as nossas futuras propostas e aperfeiçoar a implementação de campanhas.
2) Colaboradores (freelancers da comunidade e bolsa de talentos): Recolher informação que permita identificar as áreas de especialização de cada um para contacto directo em caso de necessidade;

As 4 Etapas de incorporação do CRM:

1) Recolher dados:
Dados relevantes sobre o cliente / colaboradores que permitam identificar: quem é o cliente / tipo de negócio / serviços requisitados à empresa / grau de satisfação com o serviços prestados.

2) Categorização do cliente
Os critérios que utilizamos para medir o valor do cliente, são:
a) frequência da prestação do serviço.
b) lucro que trazem à empresa.
c) capacidade de nos potenciar vendas com outros clientes.

3) Interagir com o cliente

Os canais serão:

- E-mail
A comunicação por email será feita de forma directa, tanto no que se refere ao acompanhamento de cada campanha (envio de relatórios e pedido de feedback ao cliente), mas também na divulgação de novos serviços, produtos e tendências do mercado (direct email marketing).

- Redes Sociais
A comunicação promocional terá como base a exploração das potencialidades das redes sociais (Twitter, facebook e second life). Com especial enfoque no second life, já que temos como objectivo a construção de um escritório virtual.

Mobile:

- Telefone
A forma mais directa e rápida de informar, esclarecer e interagir com o cliente.

- Conference call
Veículo utilizado para reuniões entre as partes. Utilizado para briefings, reuniões, esclarecimentos e apresentações.
Tem a potencialidade de poder ser utilizado em qualquer local.
Devido à especificidade do nosso serviço, é a ferramenta ideal para interagir com os nossos freelancers e clientes. Já que a informação é filtrada por nós e posteriormente reencaminhada.

4) Adaptação

Para que os dados recolhidos acerca dos clientes possam surtir efeito na melhoria do desempenho em futuras campanhas, estes terão de ser disponibilizados na plataforma colaborativa aos freelancers aquando da divulgação de um briefing.

A integração de todas as ferramentas será feita logo no inicio do projecto, já que todo ele assenta num conceito online.

Quais as tecnologias de informação utilizadas?

- Contact center

- DW

- Data Mining

- Sales Force Automation

4. Com o pretendem responder aos factores críticos de sucesso? Quais os critérios de negócio e como responder a cada um?

- Procurar activamente a comunicação com o cliente.

Cada campanha terá um gestor de campanha que acompanha o cliente ao longo de todo o processo, obter feedback passo-a-passo e esclarecer possíveis dúvidas, até à conclusão do mesmo. O estabelecimento da comunicação durante o desenvolvimento do projecto partirá do gestor de projecto.

Sempre que um cliente não tenha trabalhos em curso, deveremos manter a comunicação com uma base regular, mas sem demasiada insistência.

- Manter os processos focados no cliente.

A satisfação do cliente estará sempre em primeiro lugar, independentemente dos lucros a curto prazo. O sucesso do cliente será o sucesso da nossa empresa a curto prazo, pelo que deveremos sempre analisar cuidadosamente as necessidades reais do cliente para podermos oferecer-lhe o serviço mais adequado naquele momento.

- Recolher e analisar a informação sobre o cliente.

Cada cliente é um caso e torna-se importante que a relação seja o mais personalizada possível. Só com a analise da informação do cliente é que se consegue oferecer o produto desejado.

- Fazer chegar o conhecimento resultante da análise dos dados aos colaboradores chave para cada campanha.

Além de todo o processo criativo é necessário que haja um domínio da linguagem para cada um dos projectos/clientes, pelo que antes do início do projecto, os colaboradores envolvidos terão sempre acesso à informação sobre o cliente.

- Deter a tecnologia adequada e integrada

Software

- Possuir competências para relacionamento

A comunicação com o cliente será sempre da responsabilidade do gestor de projecto responsável pela conta do cliente, fazendo a ponte entre este e os técnicos, uma vez que é fundamental que não haja quaisquer falhas ao nível do contacto.

5. As tendências do CRM:

mCRM:

Grande parte da comunicação existente entre a Agencia e o cliente terá o suporte movel como ferramenta. A plataforma colaborativa estará acessível através da Internet móvel, permitindo ao cliente e colaboradores aceder a esta em qualquer altura e lugar, acelerando os processos.

eCRM:

O conceito da agência tem como pano a WEB 2.0.

Todos os processos são executados online, bem como grande parte da interacção entre clientes e agência e colaboradores entre si, já que o processo de trabalho assenta na plataforma colaborativa.

A colaboração através da Internet possibilita que os clientes acompanhem passo-a-passo o desenvolvimento dos suportes de comunicação online e possam intervir nesse processo activamente.

Social CRM:

O sucesso da nossa agencia será proporcional à criação de ferramentas online bidirecionais (cliente/agência e agência/colaboradores e colaboradores entre si).

A participação do consumidor nos nossos produtos é o barometro do sucesso das campanhas, já que todas elas tem uma grande presença online.

De que forma o e-business afecta o nosso negócio?

O modelo de negócio da nossa empresa assenta no e-business, na medida em que foi pensado em torno do conceito da plataforma colaborativa on-line. Todos os processos organizacionais dependem do uso desta plataforma.
Todos os processos organizacionais dependem da utilização da plataforma de e-business. Assim, só existe negócio se houver uma excelente utilização dos recursos que o e-business oferece.


Contributos dos Padrinhos: "Revista"

Pouco mais há a dizer numa empresa que tem tudo para ser bem sucedida, mas quero só deixar uma pequena sugestão. Criar um espaço, na wiki colaborativa e no site da empresa, para divulgação dos trabalhos entretanto realizados. Na wiki, tal permitiria entender o que a agência faz e pretende e, eventualmente, ajudar a divulgar conceitos ou linhas orientadores da agência a seguir pelos colaboradores. No site, seria um modo dos futuros clientes conhecerem o trabalho desenvolvido. (Isabel Vasconcelos)

Resposta da Agência ao contributo dos Padrinhos:
Muito bem visto, não desenvolvemos muito o conceito da plataforma na perspectiva do contacto com o cliente. É, de facto, importante. Vamos seguir a vossa sugestão!

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License